04 . julho . 2008

Vai virar santo brasileiro [/premonicao]

por Haznos

E digo mais, a igreja vai dar um jeito de canonizar ele como o novo protetor dos baloeiros.

Podem anotar, daqui a alguns meses vocês vão lembrar disso…
:|

Encontrado no Rio corpo que pode ser de padre que desapareceu em Santa Catarina

O corpo do padre Adelir Antônio de Carli, que no dia 20 de abril saiu do Paraná tentando bater o recorde de vôo usando balões de festa, pode ter sido encontrado ontem a 100 quilômetros da costa de Maricá, no Rio de Janeiro, por um rebocador a serviço da Petrobras, informou a companhia hoje.

O padre tinha saído da cidade de Paranaguá, no Paraná, com o objetivo de pousar em Dourados, no Mato Grosso do Sul. Porém, os ventos teriam desviado o padre de seu percurso, levando-o para o mar.

O rebocador Anna Gabriela encontrou o corpo por volta das 16h de ontem no mar, ainda com aparatos de vôo, e chegou de madrugada à cidade de Macaé, também no Rio, onde o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) local.

Fonte.

Dica do João.

2leep.com
Share

7 comentários para “ Vai virar santo brasileiro [/premonicao] ”

Pois é… Quem é vivo sempre aparece.

Se encontraram ele só agora, acho que ele conseguiu o objetivo de maior tempo no ar… \o/

Alessandro

como assim??
quem é vivo sempre aparece…
ele tá morto…

Lucas D.

“O rebocador Anna Gabriela”
Como assim o cara que encontrou era travesti?

Ana

“a igreja vai dar um jeito de canonizar ele como o novo protetor dos baloeiros.”
claro que vai!! huhu

macaé ta famoso aee!
e nunca mais eu nado aqui ¬¬
e tadinho do padre, eu fiquei morrendo de dó dele ><

Andrewo

Acho que ele ia virar lenda mesmo se o corpo nunca fosse encontrado, ai na cidade dele iam ter historias do tipo:Ainda hoje tem pessoas que veem o padre voando e rezando pela cidade

Deixe um comentário!
Todo "first" será deletado!



Para ter sua foto nos comentários:

1. Vá até o site gravatar.com e clique em SIGN UP.
2. Coloque o e-mail que você utiliza nos comentários aqui.
3. Complete o cadastro e use o mesmo e-mail na hora de comentar.





*